Resenha: 2012

Posted: Dezembro 6, 2009 by Ricardo Motta in Resenhas, Todos

Sábado à noite. Galera reunida no shopping, e uma sessão legendada do filme mais apocalíptico em cartaz. E eu já imaginava o que vinha pela frente.

A história começa com uma história de explosões solares, neutrinos em quantidade absurda e aquecimento do núcleo da terra. Sim, mas não é o dia depois de amanhã. E, na minha época, neutrinos passavam pela matéria, sem interferir nela.

Se você não sabe o que é neutrino, clique aqui.

Como ninguém sabe o que é um neutrino, e muito menos vai ler a página linkada acima, vamos nos concentrar na história do filme.

A história se concentra em um escritor frustrado, seus dois filhos, sua ex-mulher e o marido dela (o protagonista é um corno assumido durante boa parte do filme). E não me pergunte seus nomes. Depois de um certo tempo a memória não funciona em seu perfeito estado.

O filme é legal, te faz sair de lá com vontade de construir uma arca de noé. É bem apocalíptico, e apesar de mais de 90% das pessoas do mundo morrerem, muita gente ainda se salvou. Pelo menos o marido da ex-mulher do nosso querido protagonista morreu no final, e como se esperava, eles voltaram a ser uma família. E é bem longo também, no fim minha perna tava doendo de ficar sentado. São tres horas.

E, como na vida real, ninguém sabe de merda nenhuma (povão) até uma onda enorme matar todo mundo. E com certeza é isso que aconteceria na vida real.

É um bom programa para o sábado à noite. Não tem muito romantismo, por isso não há problema em ir sozinho, você não vai se sentir o último solteiro da cidade, ou um gay assumido, como o tal “lua nova” e sua história de vampiros purpurinados.

Avaliação final:

Minha nota é alta. Até porque, é um bom filme. Recomendo. Porém, falta atenção nos efeitos especiais, alguns são bem mal feitos, e falta atenção à história, no fim você não sabe quem é o protagonista dessa parada. Mas é sim, um bom programa senhoras e senhores.

Anúncios
Comentários
  1. […] vésperas do fim do mundo (maias, 2012), das eleições que finalmente vão tirar o nosso bigodudo aleijado da mão esquerda do poder, […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s