Resenha: 2009

Posted: Dezembro 31, 2009 by Ricardo Motta in Resenhas

Poisé pessoal, ultimo dia do ano, todo mundo se preparando, pulando onda, comendo romã e toda aquela bobagem de mudança de ano. Assim como nosso caro Bruno Mazzeo, no quadro “Cilada”, do programa Fantástico desse domingo, 2010 vai ser bom porque é par, e 2011 porque é impar. Enfim, todos fazendo promessas, preparando dietas, contando os quilos que deseja emagrecer, as mulheres que quer pegar, as notas que quer tirar e as cervejas que deseja esvaziar. E como 2009 foi um ano recheado de coisas interessantes a se comentar, vou fazer uma resenha (é, não tem nada de retrospectiva, aqui é comentário critico) do que foi o ano de 2009.

Às vésperas do fim do mundo (maias, 2012), das eleições que finalmente vão tirar o nosso bigodudo aleijado da mão esquerda do poder, 2009 ainda teve morte de estuprador astro da música, crise financeira, posse do negão presidente americano, gripe do porco, entre outros.

O ano começou com o grande Barack Obama assumindo o controle da grande potência americana. Ainda que isso não mude merda nenhuma para nós, reles moradores de um país de terceiro mundo. (ó, mundo cruel!).

Em meados de março, explodiu um grave surto de uma doença engraçada e letal. É a tal de gripe do porco, que nos deixou alguns dias de férias (o//), e que matou muita gente pelo mundo (ahhh).

Meses depois, caiu um monomotor jatinho da air france e morreu uma penca de gente. E, a grande atraçãaaaao do pooost! MORRE MICHAEL JACKSON!

Merece até um parágrafo novo. O grande astro do pop internacional, famoso pelas crianças estupradas músicas que viraram hits mundiais, e pelas danças extravagantes, morreu em sua própria casa, de uma overdose de calmantes. E, depois da sua morte, seus fãs, assim como os zumbis de thriller, se levantaram de seus buracos. Até hoje os seus covers aparecem naqueles programas de tarde na record, band, redetv e sbt.

Passando pra segunda metade do ano, teve revelação de amigo secreto no comité olímpico nacional, que tirou o Rio de Janeiro e lhe deu de presente a realização dos jogos olímpicos de 2016. Mas, todo mundo sabe que o mundo vai acabar em 2012, não vai dar nem tempo.

Depois teve apagão, teve tijolada na cara do berlusconi (viu, eu assisto jornal nacional), teve mola na cara do massa, teve festa e peru assado no natal, igual todo ano.

É, isso foi 2009 na humilde opinião desse escritor do PDG. Que 2010 seja bom pra todos, que consigam começar aquela dieta que está no armário desde 1998, que consigam ter seu time campeão brasileiro pra zoar os colegas. Saúde e paz moçada!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s