Essas festas

Posted: Julho 6, 2010 by Matheus Padilha in Conversa de bar, Todos
Etiquetas:, ,

                        Estão me cansando muito, é sério, é sempre a mesma coisa, sempre há uma briga, você sempre fica suando. Ao longo da minha pequena vida, fui a várias festas, talvez muitas, procurando evitar lugares de qualidade duvidosa, buscando sempre me divertir com meus amigos em primeiro lugar, beber, bater um papinho, esquecer das frustrações e preocupações do dia-a-dia de um estudade.
                        A questão é que meus caros amigos, cansei disso, preciso de novos lugares, lugares legais, em que você possa conhecer pessoas interessantes, beber, e conversar com essas pessoas, gente com conteudo, com quem eu posso discutir cinema, livros, e até Dostoiévski.(nota mental: Dostoiévski é um nome legal, vou usa-lo com mais frequencia). Entendem o que eu quero dizer, um pub, um lugar com uma música legal, música ambiente, meia-luz, messas ou até mesmo sofás onde você possa sentar e se divertir com os amigos.


                        Não estou querendo desmerecer as festas, raves, arraias em geral, sempre gostei e sempre que o paitrocinio me permitiu eu fui. Mas simplesmente enjoei desse tipo de coisas, das garotas fúteis, dos caras bombados com correntes gigantes no pescoço. A fumaça de cigarro, de canabis quase que incessante na pista de dança, o som super alto, impossibilitando uma conversa.
                        Um pub como eu descrevi no segundo paragráfo do post, é o que falta na região, e se tivesse, eu estaria muito mais feliz, se você, empresário, rico, está disposto a construir um pub inglês, ou até mesmo um barzinho como o do Pulp Fiction, em que o John Travolta dança feito um idiota, este é o incentivo que você precisava. 🙂

Estou cansado de ficar em casa ocioso.

Anúncios
Comentários
  1. luiana diz:

    mas afinal o que é Dostoiévski ?

  2. Grazi diz:

    Acho que mereço créditos na parte das correntes gigantes no pescoço, e esse post parece muito conversa nossa em? HUAEHUAEUHE

    ps: tem partes desse post que se encaixam perfeitamente para o caso do comentário acima, em? kkk =x

  3. Matheus Padilha diz:

    um grande escritor russo, lembrado por suas tramas complicadissimas. Seus romances exploram muito bem o psicológico, a filosofia de seus personagens, tornando as vezes os livros difíceis e até mesmo cansativos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s