Archive for the ‘Conversa de bar’ Category

Parei

Posted: Setembro 28, 2010 by Matheus Padilha in Conversa de bar, Todos
Etiquetas:, ,

Chega, parei mesmo, essa vida de bêbado não está me levando a nada(oh really!?). Mas o caso é que as vezes eu me descontrolo, seria esse um sinal de alcoolismo? Deveria ficar preocupado? eu acho que paro a hora que eu quiser, ou não.
O caso é que devido a gravidade da situação do ultimo sábado, eu decidi que chega, não quero acordar de um pesadelo e pensar que aconteceu de verdade(por favor, não me julguem). E também tenho que parar porque, bom, estou virando um atléta, sim, um atleta, quem diria heim? logo eu. Então tenho que perder peso, tipo, muito peso, e também quero perder esse projetinho de “barriga de chopp”, se for possivel é claro 🙂
Então vou fazer aqui um promessa, ficarei exatos 30 dias e 30 noites sem qualquer injestão de destilados, fermentados, tridestilados ou qualquer outra coisa do gênero.
A partir de hoje 28 de Setembro de 2010 até dia 28 de Outubro de 2010. Talvez até fique mais, mas vamos começar com isso aos poucos, afinal como dizem no AA, um dia de cada vez ou um passo de cada vez, mas whatever, vocês entenderam.
Tenho que parar, afinal como dizia Vinicius “Encontraram sangue no meu alcool”, e isso me preocupa.

Essas festas

Posted: Julho 6, 2010 by Matheus Padilha in Conversa de bar, Todos
Etiquetas:, ,

                        Estão me cansando muito, é sério, é sempre a mesma coisa, sempre há uma briga, você sempre fica suando. Ao longo da minha pequena vida, fui a várias festas, talvez muitas, procurando evitar lugares de qualidade duvidosa, buscando sempre me divertir com meus amigos em primeiro lugar, beber, bater um papinho, esquecer das frustrações e preocupações do dia-a-dia de um estudade.
                        A questão é que meus caros amigos, cansei disso, preciso de novos lugares, lugares legais, em que você possa conhecer pessoas interessantes, beber, e conversar com essas pessoas, gente com conteudo, com quem eu posso discutir cinema, livros, e até Dostoiévski.(nota mental: Dostoiévski é um nome legal, vou usa-lo com mais frequencia). Entendem o que eu quero dizer, um pub, um lugar com uma música legal, música ambiente, meia-luz, messas ou até mesmo sofás onde você possa sentar e se divertir com os amigos.


                        Não estou querendo desmerecer as festas, raves, arraias em geral, sempre gostei e sempre que o paitrocinio me permitiu eu fui. Mas simplesmente enjoei desse tipo de coisas, das garotas fúteis, dos caras bombados com correntes gigantes no pescoço. A fumaça de cigarro, de canabis quase que incessante na pista de dança, o som super alto, impossibilitando uma conversa.
                        Um pub como eu descrevi no segundo paragráfo do post, é o que falta na região, e se tivesse, eu estaria muito mais feliz, se você, empresário, rico, está disposto a construir um pub inglês, ou até mesmo um barzinho como o do Pulp Fiction, em que o John Travolta dança feito um idiota, este é o incentivo que você precisava. 🙂

Estou cansado de ficar em casa ocioso.

Em ritmo, em ritmo de festa…

Posted: Fevereiro 12, 2010 by Matheus Padilha in Conversa de bar, Todos
Etiquetas:, , ,

Começou o carnaval. Começou? Bom não sei ao certo, pra mim o carnaval só começa quando meus amigos passam aqui em casa, e me chamam pra beber, ao ritmo de alguma banda de estilo musical duvidoso(?). Eu nunca gostei muito do carnaval de São Paulo/Rio de Janeiro e suas passarelas do samba, cheias de mulatas semi-nuas, dizendo para turista que o Brasil é o país do turismo sexual, ou não. Não sou nenhum fã freak do carnaval, mas, sinceramente, eu gosto, pelo menos na minha idéia de carnaval, é muito simples, quanto menos tempo voce ficar sobrio melhor, e foda-se os falsos moralistas, quem acha que carnaval é melhor que isso, ta errado. Anyway, entre carnavais de ruas, carnavais de clubes, e carnavais na avenida, prefiro os dois primeiros. Gosto de carnavais embalados pelas velhas marchinhas, e com cerveja é claro, a pessoa precisa estar num estado étilico alterado pra poder dançar essas marchinhas sem ligar para as outras pessoas, o que deixa o carnaval muito mais maneiro. Vamos falar de Carnaval e rapidamente como surgiu como era e como esta agora.

Por incrivel que pareça o carnaval é uma festa cristã, é o oba-oba que antecede a Quaresma, que como sabem é uma data/periodo cristão. Quando o carnaval por volta do seculo XI foi criado com o pretesto de dar adeus a carne, essa por esse motivo, que nego sabia que nao ia mas fazer o que fazia por 40 dias. Mas dai esse Adeus a carne foi com o tempo se adapitando até que virou “festa, mulher e cerveja”, sendo que toda esse etimologia de que é um oba-oba que antecede 40 dias de privaçoes foi pro espaço, todo mundo faz o que faz no carnaval o ano inteiro, exeto ouvir marchinhas e axé com o som alto o dia todo. E é mais ou menos isso.

Nota: se voce acha que 5 dias de carnaval é bom, o de veneza é 10 mermão, toma essa! haha

Ah vale lembra, se beber não dirija, use camisinha, não use drogas e aquela velha ladainha, que as vezes é chata, mas que vale a pena repetir. Grande abraço!

Preciso de férias!

Posted: Dezembro 6, 2009 by Matheus Padilha in Conversa de bar, Todos
Etiquetas:, , ,

Eu preciso de férias, e como fiquei em recuperação, elas só virão daqui a duas semanas, enquanto isso fico em casa, escrevendo um blog, tocando e vegetando. By the way daqui a duas semanas a vida perfeita me espera, cadeira a beira da praia, amigos, cerveja gelada e talvez minha namorada :))

sabe o que falta nessa imagem pra ficar perfeita? eu.

Dia Santo

Posted: Dezembro 4, 2009 by Ricardo Motta in Conversa de bar

é isso aí macacada. sexta feira chegando. é hora de esquecer as provas de fim de ano por um momento e curtir o dia. Feriado nas bandas criciumenses. Dia onde os butecoboys, como o padilha, enchem a cara.

E o PDG não pode deixar de salientar:

– Não beba antes de dirigir, nem antes de andar de montanha russa (você fica tres vezes mais enjoado :S)

– Não beije desconhecidos (as) (você nunca sabe o nível de higiene deles (as))

– Não beba muito (você não sabe quem são conhecidos ou desconhecidos, nem quais são bonitas ou feias)

– Não cometa crimes (principalmente se você tem mais de 18 anos)

É isso aí, papo de garoto cumprindo seu dever cívico. Saia correndo do trabalho e vá fazer algo divertido, nem que isso seja jogar dama na pracinha. Coloque a prancha no carro e fuja pra alguma praia perto. Porque no mar a vida é diferente.

Ps: conselho pessoal: não se esqueça de Deus. Conselho estranho num blog desse, mas é um conselho de amigo. Não esqueça em não esquece de você.
Ps2: isso  não é um manifesto religioso!

Dúvida Cruel.(1)

Posted: Novembro 30, 2009 by Matheus Padilha in Conversa de bar, Duvida Cruel, Todos
Etiquetas:, , , ,

Bebidas quentes, cerveja ou refrigerante?
Sim essa é uma duvida cruel, e juntamente com a suas variaveis, vagam pelo pensamento não só de garotos, mas até mesmo de garotas.
A pergunta é pergunta é qual você prefere? Qual você gosta mais?
Eu como bom, buteco-man que sou, não abro mão de uma loira gelada após as aulas ou em festa com os amigos, mas só quando estou afim, afinal a cerveja enche rapido sua bexiga e fica quente depressa(depende da embalagem), o que acaba deixando-a como alguns dizem com “gosto de mijo”(não, nunca bebi mijo). É amarga, nem um pouco doce, mas é uma das bebidas mais consumidas no mundo, e o medo de todos é que o preço aumente decorrente do aquecimento global atrapalhando o cultivo da cevada, matéria prima para esse néctar. Se você não pretende ficar de pileque, apenas ficar “no brilho” a cerveja é a mais indicada nesses casos, e tambem é ótima para fazer amizades, e ai você me pergunta: amizades?! e eu respondo: SIM! dessa forma…

– E ai cara?
– de boa eae?
– tambem, pô, mó fila ai…mas ja ta chegando
– ainda bem, toda aquela cerveja ta me fazendo mija nas calças…
– nem da nada, vo mija e vou voltar a beber *_*
– eu tambem… 😉
– então bora beber junto.
– então tá!.

Mais ou menos por ai…

Os “Tragos quentes” como são chamados, são os mais caros e quase sempre utilizados em “esquentos”, e vem sempre acompanhados de você desenbolsando de 5 a 10 reais, e você não consome tudo, em parte por que dependendo da bebida, 5 reais é um terço ou até um litro inteiro(51, velho barreiro. Sim já tomei isso, não tomo mais…tá tá só 51), outra coisa é que a maioria bebe-as com refrigerante é o que me deixa muito revoltado, tudo perde sentido, você percebe que eles estão bebendo pra ficar mal, e não para apreciar o gosto da bebida que no geral, as bebidas quentes são bem saborosas, dai chego eu em um esquento no qual ajudei com 10 reais, e vejo nego misturando johnnie walker e coca-cola, dai eu tenho que explicar pra #@$#%¨&% que aquilo demorou 12 anos pra ficar pronto, e ele ta misturando com coca-cola. As bebidas quentes são fortes, a mais forte que ja tomei foi absinto, meu olho lacrimejou, são caras, sempre compradas em “vaquinhas”, o que você acaba perdendo, não te deixam com vontade de ir ao banheiro de 5 em 5 minutos, pelo fato de não serem servidas geladas, não esquentão, porém tem que saber toma-las.
e por fim e não menos importante o refrigerante…
engorda, da gases, alguns causam cancer e osteoporose, causa estrias, celulites, deixa sua bunda parecendo a lua.

beijos ;*

Ps1:O papo de garoto desaconselha qualquer uso de substantancias só para maiores de 18 por menores de 18
Ps2:Se beber não dirija
Ps3:Fumar causa cancer no pulmão.
Psp:Cerveja previne o cancer de próstata